Tente outra vez: Motivos para não desistir do cultivo indoor

 Em Dicas de Cultivo, Dicas Green Power

Um cultivo indoor é um grande desafio. É preciso ter organização, paciência, disciplina e disposição para dar conta de todas as tarefas relacionadas ao desenvolvimento das plantas. Por isso, e porque só a vontade de cultivar não é suficiente, dá para compreender os que começam, mas acabam desistindo de seu grow. É para você, que desistiu do cultivo indoor, este post.

Você vai ler:

O que provoca a desistência do grow.

Os motivos para não desistir.

E quando e como tentar outra vez.

Motivos mais comuns para desistir do cultivo indoor

A ansiedade e a expectativa por resultados de qualidade imediatos são fatores que podem atrapalhar o dono do cultivo, especialmente no caso dos “cultivadores de primeira viagem”. Mas na lista do que pode levá-lo à desistência inclui ainda os seguintes fatores.

Rotina: O dono do cultivo não dá conta de conciliar as tarefas da rotina de manutenção do cultivo com sua rotina diária e de trabalho, estudo e cuidados com a casa. Evita-se isso lá no momento da decisão, avaliando o tempo necessário para dedicar-se ao cultivo.

Frustração com resultados: O cultivador fica frustrado porque as plantas não “vingaram”. E por isso acaba se penalizando pelo tempo desperdiçado, dinheiro investido com fertilizantes e outros itens, como substratos (que não podem ser reaproveitados), sem contar o investimento em sementes de qualidade. Tudo isso pode causar a desistência, mas é importante destacar o valor da experiência, mesmo que frustrante, pelo aprendizado adquirido e que poderá fazer a diferença, pelos erros e acertos, numa própria tentativa de ter o próprio cultivo indoor. Afinal, é assim que crescemos.

Incômodos: A desistência pode ocorrer por apreensão gerada pela criação do grow sem levar em conta cuidados com a instalação, com a escolha do local e com a segurança. Isso pode pesar e desestimular o cultivador a prosseguir por ficar receoso por qualquer tipo de problema.

Mal dimensionado: Outro motivo que um planejamento bem feito pode evitar é que tudo seja muito bem dimensionado em termos de investimento e infraestrutura. O erro ocorre quando o cultivador começa o grow com uma capacidade maior do que poderia suportar e acaba não dando conta de cuidar das plantas, seja por questões financeiras para comprar os produtos necessários, seja por falta de tempo para seguir a rotina de manutenção.

Principais motivos para não desistir

São muitas as etapas no cultivo indoor para ajudar no desenvolvimento das plantas para que se alcance uma colheita de qualidade. Sendo assim, não por acaso, que sempre estimulamos a busca por conhecimento, porque dificuldades são normais e precisam ser compreendidas para serem encaradas. Ter essa percepção muito clara é um dos estímulos para não desistir do cultivo indoor na primeira barreira que possa surgir. Veja outras.

A importância do próprio cultivo: Um ótimo motivo para não desistir é considerar a importância de manter um cultivo doméstico por causa da qualidade dos produtos cultivados, sem a presença de agentes nocivos, como agrotóxicos. O próprio grow também é importante em termos de segurança para quem consome ou necessita cultivar ervas medicinais para tratamento de saúde. Outro motivo é que não há necessidade de recorrer a vendedores duvidosos que comercializam ervas e temperos mal armazenados, oxidados, contaminados por mofo ou outras impurezas. O cultivo indoor dá mais garantia sobre a qualidade do que é consumido.

O prazer de cultivar: Ao desenvolver o senso de cultivo e tornando-o parte da sua rotina, como algo prazeroso e recompensador, não apenas como mais uma tarefa a ser feita semanalmente, fica mais fácil ter motivação para prosseguir com o grow na ativa. A partir do momento que o cultivador passa a considerar a atividade sob o este ponto de vista e considerando-o como uma algo gratificante, automaticamente conseguirá um ótimo motivo para manter a jardinagem como sua aliada, um hobby, que, por consequência, acaba rendendo bons resultados.

Quando tentar outra vez, o que fazer primeiro

Convencido de voltar a manter um cultivo indoor, a dica agora é por onde começar a próxima tentativa. Confira.

Autocrítica: Não descarte a experiência anterior, mesmo que tenha sido abandonada. Faça uma autocrítica, avaliando os erros e os acertos. Importante pensar e refletir sobre todas as hipóteses que podem ter contribuído para um experiência ruim. Foi pouca luz? Muita água? pH desbalanceado? Ou falta ou excesso de algum nutriente? Por isso, sempre e especialmente neste recomeço, vale ressaltar a importância de fazer anotações da rotina de cultivo. Desse modo, mais adiante será possível avaliar os resultados e comparar com o que está anotado, buscando fazer correlações na análise que ajudem a melhorar o processo.

Leia mais: Considere dedicar algum tempo do seu dia para a leitura de conteúdos específicos como os posts do blog da Green Power. Ou então adquirir livros especializados como os que encontram-se na Biblioteca da Green Power, como o Introdução ao Cultivo Indoor que traz as todas as informações para ter o próprio cultivo, desde o básico ao avançado, numa linguagem bem didática.

Fazer diferente: O processo de recomeçar as atividades do cultivo abre a possibilidade de experimentar diferentes métodos e técnicas como uma ótima maneira de melhorar suas habilidades de jardinagem. As possibilidades são virtualmente infinitas. Não tem como saber como as plantas vão ou não reagir a um determinado procedimento, a menos que você faça o teste. A dica para o cultivador é dedicar algumas plantas em seu jardim à experimentação. Por exemplo, teste adubos diferentes, siga um cronograma de rega alternativo, adote novas técnicas de poda, ou tente uma strain ou variedade diferente.

 

O que fazer quando

Você tem dúvida sobre seu cultivo? Participe do conteúdo colaborativo do blog da Green Power. Preencha o formulário e envie sua pergunta.

Guia Boas práticas Cultivo Indoor: O que fazer para ter plantas bem desenvolvidas

cultivo indoor

E-book: Faça o download gratuito.

Deixe um Comentário

Start typing and press Enter to search