Aprenda a melhorar o pH em cultivos orgânicos

 Em Dicas de Cultivo, Dicas Green Power

O controle de pH é um assunto recorrente no blog da Green Power. Não por acaso, como prova da sua importância, também é um dos temas mais procurados pelos leitores e clientes. E pelo canal colaborativo O que fazer quando recebemos uma dúvida referente ao pH quando o solo/substrato é orgânico. Será que é mais fácil manter o pH nos índices adequados em cultivos orgânicos?

Pode-se afirmar que necessariamente não fica mais fácil. O que ocorre é que o pH geralmente oscila em uma escala menor quando o cultivo é orgânico. É importante lembrar que em solos deste tipo, o pH está sofrendo influência de diversos aspectos, como o próprio fertilizante orgânico, a decomposição microbiológica do solo, entre outros.

Isso contribui sempre para baixar o pH, o que já indica uma informação relevante e que merece atenção: em cultivos orgânicos o pH tende a se manter mais baixo. Isso significa que acaba sendo mais fácil manter o pH em níveis adequados no substrato orgânico, mas sempre é bom monitorar com um bom medidor para solo ou para meios líquidos.

Causas do desequilíbrio do pH em cultivos orgânicos

O desequilíbrio no pH em cultivos orgânicos pode ser causado pela adição de fertilizantes igualmente orgânicos em excesso. A diminuição do índice do pH, neste caso, pode ocorrer drasticamente. O que também pode provocar o desequilíbrio é o uso de um substrato ou composto não maturado.

Ou seja, um composto orgânico que ainda não esteja totalmente decomposto. Isso porque a decomposição da matéria orgânica é por si só um processo que baixa o pH, devido à ação dos microrganismos presentes no solo. Isso vale principalmente para quem faz compostagem caseira ou para quem adiciona cascas de frutas diretamente no solo ou substrato.

Diante de um quadro de desequilíbrio, a primeira recomendação para melhorar os índices é manter sempre um monitoramento do pH do solo. Caso isso indique que o índice esteja baixo em demasia, a dica é adicionar calcário dolomítico ou sulfato de cálcio.

Cuidado com elementos minerais

Mas e como fica o controle de pH quando o cultivador, em vez de iniciar um novo solo/substrato, adiciona elementos minerais ao cultivo que era até então orgânico? Nesses casos, o pH pode desequilibrar ainda mais porque há maior aporte de nutrientes no solo. Esses nutrientes serão processados não somente pelas raízes das plantas, mas antes disso pelos microrganismos do solo.

Por isso, em se tratando de um cultivo orgânico, não é recomendado adicionar ainda mais elementos minerais, a não ser um aporte de micronutrientes em baixa dosagem, ou um incremento em fosfato na fase de floração. Existe uma correlação estreita entre os nutrientes presentes no solo e o equilíbrio de pH e isso influencia no equilíbrio dos índices.

Se o pH estiver desregulado, alguns nutrientes não serão absorvidos pelas plantas, mesmo que sejam continuamente adicionados pelo cultivador. Por outro lado, quanto maior a carga de nutrientes no substrato, maior será a chance de haver um desequilíbrio no pH, um overfert ou mesmo algum sintoma mais grave sendo mostrado pelas plantas, como folhas queimadas e atrasos no desenvolvimento.

Deseja tirar outras dúvidas sobre pH? Acesse O que fazer quando e envie sua pergunta.

Deixe um Comentário

Start typing and press Enter to search