Os Dogon, Os Nommos e o Mistério de Sirius

 Em Eventos

Os Dogons são um grupo étnico que vive na região do planalto central de Mali, na África Ocidental. Com uma população em torno de 400.000 e 800.000, as tribos Dogon são conhecidas por suas tradições religiosas, danças de máscara, esculturas de madeira e a sua arquitetura.

Alguns pesquisadores estudando seus costumes têm relatado seus conhecimentos astronômicos avançados, sendo que a natureza e a fonte dos quais parece algo ainda incerto e alvo de discussões. Segundo eles, os Dogon parecem saber da existência dos anéis de Saturno e das luas de Júpiter, objetos que só podem ser vistos com a ajuda de telescópios. Mas o mais intrigante são suas crenças e conhecimentos sobre a estrela mais brilhante vista da Terra, Sirius.
Esse povo têm uma crença tradicional em um sistema heliocêntrico e em órbitas elípticas de fenômenos astronômicos.

Em 1976, Robert Temple escreveu um livro chamado “O Mistério Sirius”, argumentando que os Dogon possuem conhecimento preciso dos fatos cosmológicos conhecidos apenas pelo desenvolvimento da astronomia moderna, uma vez que eles parecem saber que Sirius faz parte de um sistema estelar binário, cuja segunda estrela, Sirius B, uma anã branca, é, contudo, completamente invisível para o olho humano. Essa estrela leva 50 anos para completar sua órbita e na cultura Dogon existe uma celebração que ocorre justamente a cada 50 anos, a qual seria em honra à estrela. E existência de Sirius B só pode ser verificada de fato através de cálculos matemáticos realizados por Friedrich Bessel em 1844. Como essa tribo possui conhecimento prévio, então?

A figura espiritual na religião Dogon é uma identidade dupla, o Nommo/Nummo, a quem eles se refem como a “Serpente”. Sua pele seria principalmente verde, mas, como o camaleão poderia mudar de cor. Dizia-se que, por vezes, a Serpente teria todas as cores do arco-íris. Em outros casos os Nommos foram referidos como “espíritos da água”.
Os Nommos seriam visitantes extraterrestres vindos de Sirius, os quais teriam trazido os conhecimentos astronômicos para o povo Dogon. “Ou então de onde teria vindo todo o conhecimento astronômico da tribo Dogon?”, argumenta Temple em seu livro.

P.S. – The Nommos é o título de um dos álbuns de Goa Gil, junto com sua companheira Ariane, e em seu site há bastante informação sobre essa tribo e os mistérios que à envolvem, quem sabe uma ligação obscura? Álbum completo aqui: https://www.youtube.com/watch?v=b1MZflXTokk

www.goagil.com
www.skepdic.com/dogon.html
www.greenpower.net.br

Start typing and press Enter to search