Os Benefícios do Melaço

 Em Artigos Enteógenos, Dicas de Cultivo

Melaço é um adoçante de consistência espessa criado pelo processamento de açucares provenientes tanto da beterraba quanto da cana de açucar. A categoria e o tipo de melaço dependerá da maturidade da cana de açucar ou da beterraba e do método de extração empregado. Os diferentes melaços possuem nomes como: primeiro melaço, segundo melaço, melaço sem enxofre, melaço com enxofre e melaço de cana de açucar escuro (ou melado de cana de açucar escuro). Para os jardineiros, o melaço é uma ótima fonte de carboidratos para alimentar e estimular os microrganismos benéficos do solo. Sua composição pode conter Potássio (K) (NPK médio em 1-0-5), Enxofre e vários micronutrientes que servem para aperfeiçoar o solo. O melaço é ainda um excelente agente quelatizante, ou seja, contribui para disponibilizar outros nutrientes às plantas
Jardineiros que prezam por cultivos orgânicos sabem das enormes vantagens de se manter a saúde da microbiota do solo, pois são os microrganismos que trabalham em conjunto com as raízes das plantas para digerirem e assimilarem nutrientes. Seguindo a máxima do cultivo orgânico: “Alimente o solo, não as plantas”, o melaço surge como uma boa e rápida fonte de energia para as diversas formas de micróbios e microrganismos vivos do solo.
Por ser oriundo de plantas e por sua fabricação ser um processo exclusivamente mecânico (não envolvendo qualquer agente químico), a vasta maioria de nutrientes minerais que estão contidos na cana de açucar original ou na beterraba ainda estarão presentes no melaço. Esse é um fator crítico, porque um fornecimento de nutrientes minerais é essencial para os microrganismos, os quais atuam como catalisadores para criar enzimas que, por sua vez, metabolizam transformações bioquímicas. Resumindo: essas criaturas vivas no solo “quebram” as moléculas de fertilizantes orgânicos e alimentam nossas plantas.

Um outro benefício proporcionado pelo melaço em seu jardim é a sua habilidade de agir como agente quelato. Essa é uma forma científica de dizer que o melaço é uma das substâncias mágicas que podem converter nutrientes químicos em uma forma que será facilmente disponível aos seres vivos. Minerais quelatados podem ser absorvidos diretamente e permanecer disponíveis e estáveis no solo. Micronutrientes estão presentes nas células e também no solo, como uma grande parte de moleculas orgânicas em formas quelatadas. A palavra Chelate (quelato), é oriunda da palavra grega “Chele”, que significa garra ou pinça, referindo-se à forma pela qual os íons metálicos (nutrientes) são aprisionados no centro de uma grande molécula. As interações equilibradas entre os micronutrientes são complexas e ainda não totalmente compreendidas. Sabe-se que o equilíbrio é crucial, por isso, qualquer micronutriente quando presente em doses excessivas se tornará venenoso. Por essa razão, fontes orgânicas de micronutrientes são os melhores meios de fornecê-los ao solo, ao contrário de fontes minerais que, se aplicadas em excesso, podem comprometer seriamente o jardim. A habilidade do melaço de agir como agente quelato explica a sua presença em estimulantes orgânicos de fabricantes renomados como a Earth Juice Organics.

O melaço pode ser usado seja via spray foliar e via fertirrigação. A diluição mais comumente usada para fertilização foliar é de 3 a 4 ml de melaço /L de água. Já para a fertirrigação, o melaço pode ser usado puro na diluição de 3 a 5 ml por litro de água da rega, ou em conjunto com outros compostos orgânicos para se criar um chá super nutritivo. Veja as opções:

Melaço + Guano – Uma ótima forma de aliar dois super fertilizantes num só chá nutritivo. A receita é bem simples:

3 litros d’água;

1 colher de sopa de Guano (pode ser tanto para floração quanto para crescimento, dependendo da fase de suas plantas, também podem ser usados guanos de morcego ou de aves);

1 colher de sopa de melaço escuro de cana de açucar.

Misture todos os ingredientes diretamente à água e deixe que o chá fermente por 24 horas. É melhor usar uma bomba de aquário para aerar o chá, mas se você não dispõe de uma

Aplique em suas plantas como se fosse a água da rega.

Melaço + Alfafa

12 litros de água;

1 copo (236 ml) de alfafa;

3 colheres de sopa de melaço escuro de cana de açucar.

Misture tudo e após 24 horas de fermentação essa base 100% composta de fertilizantes está pronta para ser aplicada.

 

 

O Melaço pode ser aplicado como fertilizante em qualquer fase da planta, mas terá bons resultados na fase final de floração, onde tem um papel de adocicar a colheita. Devido à suas propriedades orgânicas, o melaço dificilmente causará overfert em seu jardim, sendo portanto um fertilizante seguro para iniciantes, além de ser econômico e eficiente.

Bons Cultivos!

fonte: thctalk.com


Deixe um Comentário

Start typing and press Enter to search