O que fazer quando a planta fica “queimada”?

 Em Dicas de Cultivo, Dicas Green Power, O que fazer quando

A planta “queimada” é um dos problemas mais comuns enfrentados pelos donos de um cultivo que precisam saber o que fazer quando isso ocorre. O aspecto amarelado das folhas é mau sinal e pode levar você a começar tudo de novo. Uma planta “queimada” tem salvação dependendo do grau do problema e se a causa do problema tiver sido identificada e resolvida em tempo.

Diferentes motivos podem provocar as queimaduras. Deficiências nos níveis de clorofila ou de elementos como Nitrogênio e Enxofre são alguns deles. Para ajudá-lo a evitar o problema, listamos os fatores mais comuns que podem “queimar” a planta. E também indicamos o que fazer quando isso ocorre.

Fertilizantes – O excesso de fertilizantes pode causar as queimaduras. Para identificar se isso está causando o problema, verifique se as folhas queimadas estão nesse padrão: pontas e laterais queimadas mas com as nervuras e regiões próximas com aspecto saudável.  Também veja se as folhas ficam curvadas para baixo e apresenta aspecto de estarem murchas. Se observar esses fatores, analisa a quantidade de fertilizantes que está aplicando e volta a equilibrar o volume correto, conforme a fase de desenvolvimento da planta.

Calor – Outro fator que causa queimaduras é o excesso de calor. Os sinais são praticamente os mesmos do problema com excesso de fertilizantes, mas as queimaduras neste caso ficam mais evidentes nas folhas localizadas nas partes superiores da planta. Isso porque são as partes mais próximas da fonte de luz (seja lâmpada de Vapor de Alta Pressão, seja a luz do Sol). Cuidados com o tempo de exposição e também com a ventilação e a exaustão podem ajudar a evitar o problema.

Regas e nutrientes – A rotina de manutenção do cultivo também pode originar queimaduras nas plantas desde que não seja seguida corretamente. Evite fazer regas ou aplicar nutrientes em horários inadequados. Por exemplo, regar a planta em períodos de Sol forte e de calor pode contribuir para o aspecto de queimado das folhas, ficando com manchas esbranquiçadas principalmente nos pontos onde acumula-se a água. O mais indicado é fazer a rega no início da manhã ou no fim da tarde.

Outra prática constante em muitos cultivos é aplicação de fertilizantes por via foliar (pulverizar ou borrifar), a qual pode também queimar as folhas se feita em horários inadequados. Sob o calor das lâmpadas, opte por aplicar nutrientes via foliar com as luzes apagadas ou logo quando iniciam o período de luz, afinal as células das folhas só estarão aptas a absorver esses nutrientes no período noturno, ou de escuro.

pH elevado – O solo mais alcalino por causa do índice de pH desregulado para cima é outra causa para a queimadura nas pontas das folhas e as deixa com aspecto retorcido. Neste caso, o recomendado é que antes de qualquer outra medida, como a aplicação de mais fertilizante, você faça a medição do pH do solo e da água da rega, especialmente se a planta já estiver com um aspecto diferente do esperado. O pH desregulado impede que a planta absorva os elementos necessários para seu correto desenvolvimento. Use um medidor de pH para fazer a verificação.

A série O que fazer quando é um conteúdo participativo do blog da Green Power. Você pode participar enviando sua dúvida pelo formulário.

Clique na imagem e envie sua dúvida.

Deixe um Comentário

Start typing and press Enter to search