Como usar nutrientes e substratos de forma equilibrada no cultivo

 Em Dicas de Cultivo, Dicas Green Power

Equilíbrio é uma palavra-chave para o sucesso de um cultivo. Da mesma forma que você evita o excesso ou a escassez de água ou controla o tempo de exposição à luz, deve também estar atento ao uso de nutrientes e substratos. São componentes indispensáveis num cultivo e a aplicação correta ajuda no desenvolvimento da planta em diferentes fases de crescimento. Não podem faltar, mas precisam ser usados de forma correta.

Para isso, você precisa saber a importância e as características principais dos nutrientes e dos substratos.

Nutrientes

O papel dos nutrientes é ajudar a planta na produção de energia. São elementos que aplicados de forma conjunta geram diferentes benefícios para as plantas. Por isso, não é exagero dizer que a falta de nutrientes pode provocar a morte de uma planta. Na falta de Ferro, por exemplo, a fotossíntese, essencial para qualquer tipo de planta, fica prejudicada por ser dependente de nutrientes com este elemento para ocorrer.

Além do Ferro, outros elementos importantes na nutrição das plantas são:

– Boro (para dar mais força e resistência à planta);

– Cloro (usado de forma equilibrada é essencial e benéfico);

– Cobre (ajuda na resistência à doenças e como gerador de imunidade natural da planta);

– Manganês (ativa a respiração das plantas);

– Molibdênio (contribui na absorção e Nitrogênio e na produtividade da planta);

– Zinco (atua para a maturação da planta).

Uma característica importante no uso dos nutrientes é que é necessário fazer sua reposição. E neste caso, precisa ser feita de forma adequada, com a quantidade e a frequência de uso aumentando ou diminuindo, conforme as características de cada cultivo. O resultado da aplicação dos nutrientes são plantas crescendo de forma equilibrada e bem nutridas.

Substratos

O uso de substratos tem relação direta para o sucesso da ação dos nutrientes no desenvolvimento das plantas. Importante na preparação do solo e no controle da umidade, o substrato cumpre diferentes funções. Duas são básicas para o sucesso do cultivo:

– O substrato dá o sustento para as raízes e, portanto, para toda a estrutura da planta – tronco, galhos e folhas. A forma como as raízes se fixam no solo interfere na capacidade da planta se manter bem estruturada.

– O substrato influencia na forma com que a planta absorve oxigênio pelas raízes. A oxigenação das raízes é um dos fatores mais importantes no desenvolvimento da planta. Sem oxigênio, a planta morre.

Um cuidado importante que você deve tomar sempre é observar a composição do substrato. Em alguns tipos, já pode haver nutrientes e isso será ótimo para a planta, que desde o início do cultivo tenderá a crescer com mais vigor.

A vermiculita é um dos substratos mais usados no cultivo. De origem mineral, é considerado um componente chave para a manutenção da hidratação das plantas. Aumentar o uso de vermiculita no solo é uma boa opção para plantas que ficam sob estresse hídrico. Assim, as raízes passam a ter uma fonte de água quando ficam muito tempo sem receber água.

Entre os benefícios do uso da vermiculita está sua importância no processo de liberação gradual dos nutrientes que estão no solo. Isso amplia os intervalos de aplicação de nutrientes. Mas este substrato não é recomendado para cultivos em locais muito úmidos por causa de sua alta capacidade de retenção de água.

Confira na seção substratos da loja Green Power outras opções para compor um substrato adequado para seu cultivo: Argila expandida, Perlita, Turfa, Fibra de coco e Calcário Dolomítico.

Fertilizante para compor o substrato

Uma das ações que você pode adotar é usar um fertilizante para compor o substrato. O Bunny Guano, por exemplo, é um fertilizante recomendado por especialistas em cultivo indoor como Jorge Cervantes e John McPortland. Orgânico, o Bunny Guano é produzido à base de esterco de coelhos e se mostrou muito superior em sua composição de nutrientes (Nitrogênio 2,48%, Fósforo 2,50% e Potássio 1,33%), quando comparado aos esterco de outros animais.

Bunny Guano deve ser usado já na hora do preparo da mistura do substrato. São 3 colheres de guano para cada 5 litros de substrato. Assim o cultivador já produz um substrato otimizado para suprir as necessidades da planta por algumas semanas. O guano de coelhos contém os nutrientes base (NPK) e também por conter Zinco, Cobre, Ferro, Manganês, Magnésio e Cálcio.

O que fazer quando

Você tem dúvida sobre seu cultivo? Participe do conteúdo colaborativo do blog da Green Power. Preencha o formulário e envie sua pergunta.

Deixe um Comentário

Start typing and press Enter to search