Como melhorar a colheita no cultivo indoor

 Em Dicas de Cultivo, Dicas Green Power

Pode confessar: quando começa um cultivo, seu maior desejo é que o tempo passe o mais rápido possível e que chegue logo a hora de fazer a colheita no cultivo indoor. Infelizmente, como todos sabem, é preciso paciência e manter uma rotina que contribua para o melhor desenvolvimento das plantas. E enquanto o momento de colher não acontece, que tal saber mais sobre o processo de colheita, especialmente no caso de você já ter tido uma experiência anterior que não foi muito boa. Confira as dicas e saiba como melhorar a execução da colheita no cultivo indoor.

Identificando os erros na execução da colheita no cultivo indoor

Levando em consideração que a colheita no cultivo indoor não está sendo apressada, ou seja, que está ocorrendo no período correto, pelo menos dois erros são os mais comuns de ocorrer:

  • Overfert
  • Cortes nos locais errados

Aprenda mais sobre cada um dos erros, começando pelo overfert.

Overfert

Um erro bastante comum durante todo o plantio é o excesso de nutrientes e fertilizantes na terra. A questão é que um overfert próximo ao momento da colheita pode comprometer o trabalho de meses de cultivo. Por isso, é recomendado interromper o uso de fertilizantes uma semana antes da colheita.

Ao tomar esta medida, você vai perceber que as folhas e flores irão amarelar um pouco, mas fique tranquilo. Isso é normal porque estão sugando os últimos nutrientes disponíveis. Dessa maneira, evita-se excesso de resíduos de fertilizantes nas flores que causam gosto e cheiro fortes, além de prejudicar a parte da experiência que envolve o aroma e sabor puros da flor recém-colhida.

Agora confira informações sobre os cortes nos locais errados no momento da colheita no cultivo indoor.

Cortes nos locais errados

Esse não é um erro tão comum nem tão fácil de ser cometido, mas é importante destacar. A maioria dos cultivadores caseiros opta por colher apenas as flores e não a planta toda, como é o caso de plantações outdoor maiores. Na hora de cortar, a dica é tentar não separar as flores das folhas ao redor. Isso irá dificultar a manicure e você pode acabar perdendo ou separando partes valiosas da planta.

O ideal é remover o galho todo, inclusive as folhas, para ter a oportunidade de escolher fazer a manicure antes ou depois da secagem. Além disso, as folhas menores são ricas em tricomas assim como as flores e até as maiores podem ser utilizadas para subprodutos. Você pode optar por colher as folhas maiores 2-3 dias antes da colheita das flores e isso auxilia na colheita posterior.

O impacto dos erros cometidos na colheita

Já sabemos que os erros do processo de plantio tem como principal consequência a perda de produtividade do cultivo e isso pode ocorrer por diversos motivos em qualquer etapa. Quando o erro se dá na colheita, há uma frustração muito grande após meses de investimento financeiro e de tempo. É uma decepção muito grande prejudicar a produção justamente na última etapa.

Os erros mais comuns citados aqui podem prejudicar principalmente os efeitos esperados da planta. Isso porque se a colheita for realizada da maneira incorreta pode-se perder os cristais, desperdiçar partes importantes ou até mesmo sofrer com a perda de grande parte do produto final devido ao mofo, por exemplo.

Na prática, o que fazer para melhorar a colheita

Sabendo os erros que podem surgir no momento da colheita, confira a seguir o que fazer na prática para melhorar a execução desta tarefa essencial para o sucesso do cultivo.

Observe a cor dos Tricomas

Qualquer guia de colheita que fale em contagem e calendário de dias para colheita não está completamente errado nem tampouco certo. Observar o tamanho, formato e beleza das flores também é uma boa maneira de escolher o momento de colher e isso normalmente se faz entre a 8-10 semana de floração. Mas, todas essas técnicas de observação estão sujeitas a erros e imprecisões.

Por isso, cultivadores mais experientes indicam considerar a cor dos Tricomas, que são aqueles cristais presentes nas folhas (principalmente nas menores) e flores para decidir o melhor dia. A colheita é recomendada quando 25% dos Tricomas estão com a cor amarronzada e o restante em tons brancos leitosos ou transparentes.

Isso pode ser visualizado a olho nu, mas acompanhando com uma lupa diariamente é possível ver que a coloração dos cristais muda naturalmente enquanto a planta amadurece, indo do transparente ao branco leitoso e então ao laranja, em tom âmbar (que a olho nu parece amarronzado).

Atenção também nas cores dos Pistilos

Assim como os Tricomas, os Pistilos também fazem parte das plantas. Inclusive é graças a eles, principal estrutura reprodutiva feminina, que conseguimos identificar quando a planta é fêmea porque podemos observar o surgimento dos dois primeiros Pistilos, que já no primeiro mês de floração aumentam de tamanho e ocupam todo o cálice da flor.

No final deste primeiro mês, os pistilos devem estar brancos pois estão hidratados ao máximo, mas a partir disso começam a murchar e escurecer enquanto as flores amadurecem. Uma técnica bastante utilizada por cultivadores mais experientes é que quando cerca de 30% dos pistilos estão amarronzados a planta está bem próxima do ápice de substâncias ativas que irá produzir.

A importância de usar os equipamentos corretos

Assim como em todo o processo de cultivo, a utilização de equipamentos corretos no momento da colheita pode fazer a diferença. Por isso, o uso é recomendado para que sejam evitadas falhas e também para que auxiliem no aumento da produtividade.

Confira nesse post especial do blog da Green Power, como escolher os equipamentos certos para a colheita e que estão à venda em nossa growshop.

E depois da colheita?

Após a colheita propriamente dita, é necessário realizar a manicure e cura-secagem. Normalmente recomenda-se que cultivadores com grows menores realizem primeiro a manicure e depois a secagem. Isso porque secar primeiro envolve mais espaço e é mais fácil quando você corta uma parte maior da planta, mas também tem a ver com o terror das flores: o mofo.

Entretanto, realizar a manicure com as flores ainda úmidas, ou seja, logo após a colheita e antes e secar, é mais fácil e menos provável que ocorram desperdícios. Em ambos os tipos de colheita o mofo pode prejudicar muito a plantação e se espalhar facilmente se a secagem não estiver sendo realizada num local adequado. O processo de secagem dura em média 4-7 dias, mas pode levar até duas semanas e o ideal é um ambiente seco, fresco e escuro, entre 15-21 graus, bem ventilado e com fluxo de ar constante.

Start typing and press Enter to search