Check-list: O que levar em conta para definir a iluminação no cultivo indoor

 Em Dicas de Cultivo, Dicas Green Power

Na montagem de um cultivo indoor é necessário estar atento a diversos itens. Mas um merece atenção especial: a iluminação no cultivo indoor. Não por acaso, este é um dos assuntos que mais gera acessos ao blog da Green Power.

Determinar o tipo de iluminação no cultivo indoor antes de começar a cultivar é importante porque isso impacta nos resultados e nos custos que você terá para manter seu grow. Isso ocorre porque de acordo com fatores como tamanho do cultivo, temperatura e umidade do local e quantidade de plantas, um tipo de iluminação pode gerar mais vantagens que outros.

Pensando nisso, preparamos uma lista prática com o que você deve observar em relação à iluminação do seu grow. São itens que influencia na sua decisão sobre o tipo de iluminação que deverá adotar.

Faça o check-list da iluminação no cultivo indoor

Saiba qual é a importância da luz

A luz é fundamental para a vida das plantas. É parte de uma cadeia de fatores que influencia diretamente no desenvolvimento da planta. Sem luz não há fotossíntese. Sem fotossíntese, as plantas sucumbem. No cultivo indoor, o principal fator responsável tanto por sucessos quanto por fracassos numa colheita é a luz. Sempre precisa ser abundante e suficiente para todas as plantas, bem distribuída pelo espaço, como se fosse o próprio Sol no cultivo outdoor ou ao ar livre.

Como o tamanho do cultivo influencia na decisão sobre a iluminação

O tamanho e também o formato do seu cultivo são determinantes para a escolha certa da iluminação no cultivo indoor. Um grow pequeno ou muito estreito daria melhores resultados com o uso de LEDs, por exemplo. Isso porque não haveria problemas com calor em excesso gerado por outras lâmpadas tradicionais. No caso de um cultivo maior, o uso de iluminação a vapor poderia ser o mais indicado, desde que você não esteja em numa cidade de temperatura quente e clima seco.

Cuidados com a geração de calor devem ser tomados

Ao usar as lâmpadas de vapor de alta pressão (HQI, MH) você deve ter em mente que haverá mais produção de calor durante as horas de exposição à luz. Uma alternativa é fazer o fotoperíodo claro durante a noite, quando a temperatura ambiente é mais amena, e deixar o período escuro para o dia. De qualquer forma, deve-se instalar sistemas de exaustão (com dutos, exaustor e mini-ventilador) para reduzir o impacto do calor gerado pelas lâmpadas de vapor.

Faça a instalação elétrica corretamente

A escolha do tipo de estufa pode influenciar nesta questão sobre instalação elétrica. Se você usa uma estufa pronta, como as que são vendidas pela Green Power, o processo fica mais prático. Mas é sempre recomendado solicitar ajuda de técnicos habilitados, especialmente se a sua opção for utilizar lâmpadas de vapor que requerem reatores, além da instalação de exaustores e outros equipamentos semelhantes. No caso da escolha por lâmpadas de LED, basta plugar na tomada.

Quando e por quê usar um painel de LED

O painel de LED pode ser uma alternativa de iluminação para ser usada em qualquer cultivo. Tanto pode ser a iluminação exclusiva, quanto pode ser iluminação complementar. Mas precisa ser em quantidade suficiente para todas as plantas do grow, abrangendo a maior área possível,preferencialmente. Por isso, uma dica para quem pretende cultivar várias plantas é optar por vários painéis de LED de menor potência (Grow LEDs), em vez de optar por um painel mais potente. Dessa forma, com vários painéis, você consegue distribuir melhor a luz e isso ajuda a padronizar o desenvolvimento de todas as plantas do cultivo.

Quando usar lâmpadas de vapor

As lâmpadas de vapor também podem ser usadas em todos os cultivos. E tem suas vantagens. A iluminação gerada por lâmpadas deste tipo atendem as necessidades das plantas. Melhor ainda se forem instaladas em cultivos em regiões de clima úmido e frio, já que o calor gerado ajuda a manter um ambiente mais propício para as plantas. Já em regiões de clima quente e seco, usar lâmpadas de vapor requer instalação de sistemas de resfriamento, como explicado no item sobre geração de calor. Por isso, avalie o clima na sua cidade antes de decidir pelas lâmpadas de vapor.

Produtos relacionados

Junto com os itens básicos de iluminação, como lâmpadas de vapor e painéis de LED, você encontra na Green Power também produtos auxiliares como sistemas de exaustão, reatores, refletores e suporte retrátil.

Quer saber mais sobre iluminação? Confira as dicas publicadas no post Luz do blog ou entre em contato com a Green Power.

E-book: Faça o download gratuito.

Start typing and press Enter to search