É possível reverter uma colheita precoce?

 Em Dicas de Cultivo, Dicas Green Power

Colheu o seu grow antes da hora? Saiba como aproveitar as plantas e evitar uma nova colheita precoce. 

Definir a hora certa para realizar a colheita é uma das etapas cruciais para obter um cultivo de qualidade. Entretanto, muitos growers têm dificuldades para identificar o momento correto de colher. E é aí que corre-se o risco de ter uma colheita precoce.

Muitos são os motivos para que aconteça uma colheita precoce. Doença ou pragas que afetam o cultivo, problemas de clima ou em equipamentos, e falta de energia elétrica são algumas das razões.  Além disso, a pressa ou falta de conhecimento também podem fazer o grower efetuar uma colheita antes da hora. 

Diante desse cenário, a produção passa a ser menor e menos potente. Esses agravantes são provocados pela formação incompleta dos princípios ativos, e pelo fato de a planta não ter atingido o peso – nas duas últimas semanas a florada aumenta de 15% a 25% o seu peso – e densidade ideais.

Em caso de colheita precoce por conta de doenças e pragas, é indispensável analisar as outras plantas e tomar providências para evitar a contaminação. O sucesso do tratamento permite que as próximas colheitas sejam efetuadas dentro do prazo certo. 

Como aproveitar as plantas após uma colheita precoce?

Depois de realizar uma colheita prematura, é necessário pensar em como aproveitar os princípios ativos da planta mesmo que sejam em menor quantidade e não tenham a formação completa. Um dos métodos que deve ser utilizado neste momento é a extração.

A extração com BHO, por exemplo, é um procedimento assertivo e que pode ser efetuado com facilidade. Para executar a extração é preciso contar com tubos de extração e gás butano – os dois produtos podem ser encontrados na loja da Green Power

Outra forma de obter a maturação dos princípios ativos é através de uma cura mais prolongada. Ao optar por secar e separar os buds para desempenhar a cura da planta, é possível atingir um nível mais elevado e aumentar a potência.  Nesse método, é preciso contar com os potes escuros e sachês de controle de umidades (Boveda) para que a cura seja efetiva e o aproveitamento seja o melhor possível. 

Qual o momento certo para fazer a colheita?

Um dos modos mais efetivos para evitar uma colheita precoce é observando a coloração das cabeças dos tricomas, que são estruturas resinosas que cobrem as flores e algumas folhas que estão próximas à elas.  Para executar esse procedimento é necessário utilizar uma lupa.

As cabeças dos tricomas possuem três aspectos diferentes: translúcidas no início, opacas após a maturação dos princípios ativos, e no final do processo ficam na cor âmbar.  Quando pelo menos 50% dos tricomas estiverem opacos, a colheita já pode ser realizada. Nessa fase, os demais tricomas estarão 25% translúcidos e 25% na cor âmbar.

Geralmente, a maturação dos tricomas ocorre entre duas e três semanas, o tempo depende muito da variedade do cultivo.

Dica do grower: para aumentar a potência e a quantidade de resina antes de fazer a colheita, deixe a planta no escuro por 48 horas e, se possível, no frio com  temperatura entre 18°C e 20°C. Esse método faz a planta “pensar” que vai morrer devido às reações químicas ocasionadas por ficar por tanto tempo no escuro. Dessa maneira, a planta tenta desesperadamente se reproduzir, exalando mais cheiro e produzindo mais resina.

Deixe um Comentário

Start typing and press Enter to search