Automatização do cultivo indoor: saiba o que é e como fazer

 Em Dicas de Cultivo, Dicas Green Power

Entenda como funciona o processo e saiba quais são os equipamentos necessários para automatizar seu grow

A automatização do fotoperíodo já é bem conhecida e praticada pela maioria dos cultivadores desde o início do grow. Porém, se você mora longe do local de cultivo ou tem que se ausentar por alguns dias, é essencial continuar suprindo as necessidades das plantas mesmo sem a sua presença.

Apesar de ser uma realidade ainda distante para muitos growers, a automatização do cultivo é uma excelente alternativa para atender essa demanda. Uma das vantagens de usar o procedimento é que suas plantas ficam bem cuidadas mesmo que você não possa estar por perto todos os dias. 

Regras para automatização do cultivo

Você pode optar por automatizar a iluminação e a irrigação do seu cultivo. No entanto, para que os procedimentos sejam eficientes e não prejudiquem o desenvolvimento do grow, é preciso adotar algumas boas práticas e adquirir os equipamentos necessários.

Para automatizar a iluminação

Para automatizar a iluminação é preciso contar com os utensílios corretos para acender e apagar as luzes no tempo escolhido. Além disso, se houver disponibilidade, acrescente um equipamento para erguer as luzes conforme o crescimentos das plantas.

Providencie também um timer analógico ou digital – a escolha vai depender do fotoperíodo que você deseja programar. Esse acessório vai regular o fotoperíodo desejado, além de fazer com que você não tenha que ficar acendendo e apagando as luzes.

Timer analógico: mais adequado para períodos de 24 horas (claro + escuro);

Timer digital: se você quiser aumentar a produção de fotoperíodos que somados tenham mais de 24 horas, a sua escolha deve ser o timer digital e programável. 

Para automatizar a rega

Para alcançar  os níveis ideais de umidade do solo, as regas devem ser feitas por sistemas que fornecem água com nutrientes lentamente.

Você vai encontrar diversos sistemas de rega automática, basta definir qual é o mais adequado de acordo com a quantidade de plantas

O reservatório deve ser preenchido com água e os nutrientes necessários para cada fase do cultivo. Além disso, é preciso regular a vazão da água para que todas as plantas possam receber a irrigação de forma simultânea e satisfatória.

E não se esqueça: você deve sempre controlar a quantidade de água e nutrientes do recipiente!

Ventilação, temperatura e umidade

Além da iluminação e da rega, o grower também deve observar outros fatores.

É interessante contar com um bom ventilador para atingir todo o ambiente e facilitar a circulação de ar.  

 Quando falamos em elementos como temperatura e umidade, busque adquirir um ar condicionado para não ficar sujeito às temperaturas das estações – use um sistema de exaustão para amenizar o calor e um aquecedor elétrico para os dias mais frios.

Equipamentos necessários para automatizar o seu cultivo

Timer (pode ser analógico ou digital);

– Exaustores;

– Ventiladores;

– Sistema de irrigação (por gotejamento ou hidropônico);

– Vasos especiais para o sistema de irrigação.

Dica do grower: os timers são primordiais para qualquer automatização desejada! Eles são utilizados desde o fotoperíodo até o ligamento e desligamento de qualquer equipamento usado na automatização do cultivo. Portanto, tenha sempre mais de três timers para evitar problemas.

 

Deixe um Comentário

Start typing and press Enter to search