Como aumentar a produtividade do seu cultivo indoor

 Em Dicas de Cultivo, Dicas Green Power

O que vem à cabeça quando você lembra o início do seu cultivo? Qual era a sua expectativa? É natural que, mesmo com pouca ou nenhuma experiência com jardinagem, a expectativa de sucesso costuma ser alta já no primeiro cultivo indoor. Para quem está nesta fase, um aviso: isso pode atrapalhar a rotina, atropelar etapas e provocar erros em procedimentos essenciais, especialmente no caso do cultivador iniciante.

Lembre-se sempre que há uma grande diferença entre alcançar bons resultados e atender à expectativa (superestimada muitas vezes) do cultivador. Por isso, recomenda-se paciência e ter sempre em mente que o sucesso de um cultivo indoor é decorrente do tempo de envolvimento com técnicas e rotinas de jardinagem e da experiência acumulada neste período. Inclui-se também a busca por conhecimento por meio de leituras e de estudos, bem como com a observação das rotinas do cultivo, sempre tomando notas, principalmente das características da planta em todas as suas fases de desenvolvimento.

A expectativa para seu cultivo indoor

Sabendo que cultivar um jardim de sucesso demanda tempo, concentração e aprendizado e que querer resultados na pressa de atender à expectativa pode ser frustrante, só há um caminho para o cultivador: trabalhar com expectativas reais, de acordo com as condições do grow e com sua disponibilidade para dedicação ao cultivo indoor.

Então, com qual expectativa o dono do cultivo deve trabalhar?

Geralmente espera-se colher num cultivo indoor em cerca de 12 a 15 semanas. Mas atenção: este prazo pode variar bastante conforme fatores como escolha de sementes e variedades adaptadas a cultivos mais curtos ou cultivos mais longos. Além do tempo, pode-se observar ainda que o rendimento médio das plantas também varia de acordo com a espécie cultivada.

Uma dica para o cultivador é pesquisar sobre a variedade escolhida antes de começar a plantar. Procure informações sobre rendimento, características, aroma, tempo de cultivo, entre outros. Desta maneira, você poderá planejar com antecedência seu jardim e com a vantagem de melhor situar as expectativas em torno do potencial que aquela determinada variedade tem a oferecer.

Expectativa ok para pensar em produtividade

Com a expectativa equilibrada, dentro das reais condições de obter sucesso do cultivo indoor, o passo seguinte é compreender quais os caminhos para aumentar a produtividade. Para começar, um esclarecimento. Quando se pensa em um cultivo produtivo pode-se relacionar com um cultivo com grande quantidade de vasos ou um grande número de plantas. Mas não é bem assim.

Um jardim produtivo não é necessariamente um jardim grande. Com plantas bem cuidadas, seguindo as rotinas de cultivo e dedicando o tempo devido ao cultivo, alguns poucos vasos podem atingir resultados até melhores do que grandes cultivos, com diversos vasos, mas onde falte tempo e dedicação corrente para o desenvolvimento das plantas.

Por causa disso, dá para desenvolver uma rotina em que é possível controlar a produtividade do cultivo – o que pode ser feito por diferentes fatores. Basicamente o cultivador tem o controle remoto nas mãos. Basta saber usar.

Afinal, como o cultivo é indoor, fatores como luz, temperatura, umidade, pH, nutrição, entre outros, podem ser quase que totalmente controlados, podendo ajustar cada fator de acordo com as necessidades das plantas. Isso é o que faz com que um cultivo indoor possa ser muito mais produtivo que cultivos outdoor – onde não há como controlar as condições climáticas e mudanças nas plantas pode ocorrer até ao acaso, sem a participação efetiva do dono do cultivo.

Pensando em aumentar a produtividade do cultivo indoor? Siga nossas dicas e sugestões de leitura.

– Controle da iluminação: É possível fazer com ajustes como troca das lâmpadas para adequação com a fase da planta, como sempre é destacado quando o assunto é iluminação. Ainda sobre ajustes, pode-se analisar e rever o fotoperíodo, buscando mais equilíbrio na exposição no tempo correto e também no período de deixar a planta no escuro.

– Nutrição: Realizar a fertilização de acordo com cada fase das plantas (floração, crescimento…), sempre buscando o equilíbrio necessário para que o resultado seja o esperado. É fácil errar no uso de fertilizantes, caso não se leve em conta a fase da planta e também as tabelas compartilhadas pelos fabricantes.

– Avaliar pH periodicamente: A medição dos índices de pH ajuda a manter o equilíbrio em relação com a presença de nutrientes na água e no solo e assim a planta recebe as doses que necessita conforme seu estágio de desenvolvimento.

– Rotina de regas: Cuidar da planta não quer dizer “colocar água”. Isso pode levar a excessos e “afogar” a planta não é nada saudável. Do mesmo momento, deve-se evitar longos períodos sem rega. O teste do palito deve ser feito com frequência para que a água seja adicionada na medida correta.

– Avaliação e observação constante de possíveis pragas: O controle da umidade é um item importante para o aumento da produtividade. E é o que ajuda a prevenir o surgimento de pragas e fungos que colocar todo o cultivo a perder.

Compartilhe com a Green Power suas expectativas com seu cultivo indoor e também o que faz para aumentar a produtividade

Deixe um Comentário

Start typing and press Enter to search