6 conceitos que você precisa saber para iniciar o cultivo indoor

 Em Dicas de Cultivo, Dicas Green Power

Você não precisa se tornar um especialista para investir em um cultivo indoor. Mas além de estar bem informado sobre as melhores práticas para garantir um resultado de qualidade, é importante também saber quais são os conceitos que envolvem um cultivo. Saber o que é e para que serve uma técnica ou rotina ajuda você a compreender melhor os passos que devem ser dados para iniciar e manter um cultivo. Mesmo quem já possui um grow montado e ativo precisa se informar a respeito. Neste post, você confere seis conceitos relacionados ao cultivo indoor e não deixe de acompanhar as dicas de cultivo publicadas no blog da Green Power.

O que é condutividade elétrica?

Condutividade elétrica é a medida de todos os íons que conduzem eletricidade na solução água + nutrientes que você usa para regar suas plantas. Quanto maior for a quantidade de íons, mais energia elétrica poderá ser conduzida e, por consequência, maior será a condutividade elétrica. Você deve medir a condutividade com frequência para equilibrar o uso de fertilizantes, afinal os íons representam justamente os nutrientes diluídos na água. Se o índice de eletricidade na solução estiver alto, será necessário reduzir a quantidade de fertilizante. Se estiver baixo, é indicativo de que precisa aumentar a dosagem de fertilizantes.

Com a ajuda de um medidor de condutividade elétrica, você poderá saber os índices recomendados para cada fase no desenvolvimento da planta. Na germinação das sementes ou no enraizamento dos clones, a condutividade deve ser de 1,0mS/cm (mili-Siemens por centímetro). Nas últimas quatro semanas de floração, o valor da condutividade pode ser elevado para 2,0mS/cm.

O que é pH?

O pH é o potencial hidrogeniônico, relacionado à quantidade de prótons H+ e que indica a acidez, neutralidade ou alcalinidade de uma solução aquosa. Quando o pH é muito alto ou muito baixo, as raízes não conseguem aproveitar os nutrientes nas proporções adequadas. O resultado desse desequilíbrio é um crescimento lento que pode levar até a morte da planta.

Da mesma forma que no caso da condutividade elétrica, é importante usar um medidor de pH para que possa acompanhar os índices e evitar prejuízos no desenvolvimento da planta. Com o pH certo, a dose máxima recomendada de qualquer nutriente fará as plantas crescerem saudáveis e fortes.

Na fase de plantio, o valor ideal do pH ideal para brotar as sementes e para enraizar os clones deve ser de 6,4. Lentamente, baixe o pH até 6,0 no último mês de floração, podendo inclusive ser tolerado um valor levemente abaixo deste (entre 5,2 e 5,9), dependendo da variedade de planta cultivada. Desta maneira, as plantas poderão absorver os nutrientes necessários e na medida certa para cada fase de desenvolvimento e no momento certo.

O que são micronutrientes?

Os micronutrientes são utilizados em pequena escala no desenvolvimento da planta e a falta deles pode prejudicar e muitas vezes até matar uma planta. São ingredientes essenciais que ajudam a planta a produzir energia e a se desenvolver melhor. À medida que são absorvidos através das raízes, se torna necessária sua reposição. A adição de micronutrientes e sua frequência poderá ser aumentada ou diminuída, sendo possível otimizar os resultados quando suas plantas estão em equilíbrio e bem nutridas.

Os micronutrientes são elementos que somados geram os benefícios necessários para que a planta se desenvolva em tamanho e qualidade. Esses elementos são importantes para cada uma das fases da planta. Dependendo do tipo de substrato utilizado em cultivos caseiros poderá ou não haver a necessidade de fertilização com micronutrientes. Nesse caso, os sinais de deficiência na planta por falta de micronutrientes só aparecem após os primeiros meses de cultivo.

O que significa curar uma planta?

A cura é o processo que retira a umidade final das flores e elimina todo resíduo de clorofila, fazendo com que as ervas adquiram seu melhor sabor e potência. A cura é diferente da secagem. A primeira fase do curado é feita em caixas de madeira ou de papel, arejadas em locais secos. Depois passa-se as flores para os potes de curagem, que devem protegê-las da umidade exterior.

Certos tipos de ervas podem levar meses para alcançar o estágio certo de maturação. Isso ocorre por causa de importantes reações metabólicas, que continuam em curso nos tecidos da planta mesmo após esta ter sido cortada. Vale lembrar que:

Durante o processo de cura, os açúcares e o amido são convertidos pela planta em outras moléculas, resultando no aumento dos princípios ativos finais. A clorofila, responsável pelo sabor amargo e desagradável de ervas mal curadas, é degradada e desaparece ao longo do processo. O teor de umidade é reduzido e o pouco que resta é distribuído uniformemente por todas as partes da planta.

O que é fotoperíodo?

Fotoperíodo é o tempo de exposição à luz que você deverá observar desde a germinação até a floração da planta. A luz é fundamental para a realização da fotossíntese. É tão importante quanto o uso de nutrientes. No cultivo indoor, o fotoperíodo mais recomendado para vegetação é o 18/6. Ou seja, as luzes do grow ficam acesas durante 18h e nas 6h restantes do dia deve haver escuridão total. No caso da fase de floração, o indicado é o 12/12. O florescimento para ser ativado precisa no mínimo de 12h de escuro.

Para o fotoperíodo é importante fazer um acompanhamento e fazer os ajustes necessários. Deve-se cuidar especialmente da temperatura na estufa. Por isso, para que o resultado do fotoperíodo seja o esperado, você também deve observar o tipo de iluminação que está sendo usada. Como já vimos, existem diferenças entre as lâmpadas e o uso do tipo errado pode ser crucial para seu cultivo.

O que é flush?

O flush é uma limpeza nas raízes da planta para eliminar traços de fertilizantes ou outros insumos usados no cultivo. Os passos para o flush são simples e devem começar cerca de 14 dias antes da colheita. Você deve regar a planta apenas com água pura, parando com a aplicação de todos os nutrientes. Dessa forma, com as regas contendo apenas água pura, espera-se que os nutrientes sejam dissolvidos e eliminados, evitando deixar sabor desagradável na colheita.

Para testar se o flush foi feito corretamente, arranque uma folha e deguste o suco que sai do caule. Se estiver amargo, a limpeza ainda não está concluída. Se o gosto de água pura predominar, a planta está pronta para a colheita.

Quer saber mais sobre cultivo indoor? Fale conosco.

Deixe um Comentário

Start typing and press Enter to search